O que é blasfêmia contra o espirito santo?

Tempo de leitura: 13 minutos

O que é blasfêmia contra o espirito santo?
O que é blasfêmia contra o espirito santo?

Jesus disse que a blasfêmia contra o Espírito Santo, se trata de um pecado imperdoável, conforme podemos observar nos livros de (Marcos 3:29, Mateus 12:31, Lucas 12:10). Neste contexto, jesus era confrontado por escribas e fariseus, quando diziam que ele expulsava demônios por Belzebu e que tinha espirito imundo. A maioria dos cristãos tem dúvidas sobre o que é blasfêmia contra o espirito santo, e se já cometeram tal pecado. Analisaremos essas questões um pouco mais de perto ao longo deste texto.

Por favor, antes de continuar sua leitura, responda esta pergunta: você também sente insegurança ao pregar a palavra de Deus, por não compreender muito bem a bíblia? Que tal adquirir conhecimento bíblico e teológico e desenvolver sua capacidade de abordar qualquer tema da bíblia, estudando Teologia no conforto de sua casa e livre de mensalidades? Se está precisando se preparar mais, clique aqui para conhecer nossa proposta.

O que é blasfêmia contra o espirito santo?

Sempre que lemos essas passagens na bíblia, ecoa sempre a pergunta: mas o que é blasfêmia contra o espírito santo? De acordo com o Evangelho de Marcos, jesus havia acabado de curar uma multidão (“Porque tinha curado a muitos, de tal maneira que todos quantos tinham algum mal se arrojavam sobre ele, para lhe tocarem”). Sabendo disso, escribas e fariseus logo tomaram conselho entre si, com o propósito de o prenderem. Então diziam: “Tem Belzebu, e pelo príncipe dos demônios expulsa os demônios”. Neste mesmo momento, Jesus os chama até ele e lhes faz uma pergunta;

A advertência

Como pode Satanás expulsar Satanás? E, se um reino se dividir contra si mesmo, tal reino não pode subsistir; E, se uma casa se dividir contra si mesma, tal casa não pode subsistir. E, se Satanás se levantar contra si mesmo, e for dividido, não pode subsistir; antes tem fim. Ninguém pode roubar os bens do valente, entrando-lhe em sua casa, se primeiro não maniatar o valente; e então roubará a sua casa. Na verdade vos digo que todos os pecados serão perdoados aos filhos dos homens, e toda a sorte de blasfêmias, com que blasfemarem. Qualquer, porém, que blasfemar contra o Espírito Santo, nunca obterá perdão, mas será réu do eterno juízo.

Em seguida, Jesus faz uma advertência tão séria, que precisamos nos atentar para a realidade do que está sendo dito: “Qualquer, porém, que blasfemar contra o Espírito Santo, nunca obterá perdão, mas será réu do eterno juízo “. Note um detalhe, Jesus nem estava acusando escribas e fariseus, afirmando que os mesmos estavam cometendo tal pecado. Neste contexto, ele estava dando uma advertência, mostrando o sério risco que eles estavam correndo. É como se eles estivessem podo os pés na beira do abismo. Isto já nos dá noções  sobre o que é blasfêmia contra o espirito santo.

A blasfêmia contra o espirito santo

A blasfêmia contra o espirito santo aparece exclusivamente na fala de Jesus, quando de uma possessão demoníaca, um homem é libertado. A multidão estava atônita e aturdida com as maravilhas que Jesus estava operando naquele meio. Mas os religiosos não estavam satisfeitos com o que o mestre vinha operando. De modo que se opuseram veementemente contra Jesus e contra tudo o que ele pregava — “Este homem não é de Deus, não tem nada a ver com Deus…ele não serve no templo, não faz parte do nosso grupo e nem é membro do sinédrio. Vocês não conseguem ver que ele não é de Deus? Ele faz milagres sim, não podemos negar, mas ele realiza todo esse milagre em nome do chefe dos demônios, belzebu”. Provavelmente diziam os escribas e os fariseus.

Estes homens sabiam que Jesus andava em sinceridade, integridade, amor, verdade e que tudo o que dele procedia, era de Deus. João 3:2 Então você pergunta: mas porque eles faziam isso? Ora, porque a religião não tem compromisso com a verdade, a ela, tudo o que importa é poder. Poder de domínio, de manipulação, autonomia perante o povo, poder de serem os legítimos representantes de Deus na terra. Jesus estava solapando toda estrutura de poderio religioso. Tudo o que ele pregava ia contra os interesses tanto políticos quanto religiosos. Se está afetando os interesses dos religiosos, não importa se a mensagem vem da parte de Deus, eles farão de tudo para calar o mensageiro.

O caso de Lázaro

Você lembra da ressureição de lazaro no evangelho de João no capítulo 11? Pois é. Jesus trouxe um defunto que estava podre, há 4 dias cheirando mal na tumba, de volta à existência. De sorte que, Lázaro agora comia e bebia com todos normalmente. Essa situação gerou uma perplexidade no sinédrio, em Jerusalém, entre todos os doutores da lei. Eles se reuniram como que dissessem o seguinte: “ele fez um sinal do qual não podemos negar, precisamos parar esse homem.

Lázaro estava podre e ele o tirou dos mortos. Se nós não fizermos nada com ele, o mundo inteiro vai segui-lo e os romanos irão querer ele como novo representante oficial deles em Jerusalém, porque o povo todo está seguindo ele. Como não podemos negar as coisas extraordinárias que ele faz, o único jeito é mata-lo”. Como sabemos, foi o que fizeram. Para alguém pecar contra o espírito santo, tem que haver pelo menos duas coisas envolvidas no ato: Consciência e Deliberação.

  1. Consciência: é um termo que significa conhecimento, percepção, total noção das próprias ações e sentimentos, na hora em que tais ações são executadas. É acusar alguém de uma coisa da qual temos convicção, consciência, de que ela não fez. Consciência é também, saber de antemão, que uma pessoa não é aquilo que afirmamos que ela seja. Consciência é ainda, estar a pá da verdade.
  2. Deliberação: é uma decisão tomada depois de haver feito análises e reflexões. Então, deliberação é decidir-se, determinar-se, escolher, propósito.

Veja também:

  •  Formação em teologia à distância (clique aqui)
  •  Kit curso pregador – como preparar sermões (clique aqui)
  •  Preparação de Obreiros, Diáconos e Presbíteros (clique aqui)
  •  Formação de Professores e Líderes para EBD (clique aqui)
  •  Formação de Professores e Líderes Ministério Infantil (clique aqui)
  •  A prenda a memorizar a bíblia facilmente (clique aqui)

Estando conscientes e deliberados

Conscientes e deliberados, podemos continuar nossa conversa, tendo visto a definição dessas palavras. Você e eu sabemos que o que não faltou para aquele povo, foram Evidências. Havia evidências por toda parte, de forma que, mesmo os donos das cidades não podiam esconder. Poderíamos citar tantas aqui; o que dizer de Lázaro, a mulher do fluxo de sangue, cegos, coxos, mudos, possessos. A lista não caberia aqui. Blasfemar contra o espirito santo, é ter a consciência de tudo isso, saber que o que operava em jesus é o espirito santo, saber que ele veio para salvar os perdidos e mesmo assim, deliberadamente, se opor a tudo o que o espirito de Deus estava operando na pessoa de Jesus.

Blasfemar contra o espirito santo, é rejeitar a verdade, é rejeitar o evangelho depois de haver entendido a mensagem. É rejeitar a palavra de Deus depois de ter sido iluminado por ela. Porque é impossível que os que já uma vez foram iluminados, e provaram o dom celestial, e se fizeram participantes do Espírito Santo, E provaram a boa palavra de Deus, e as virtudes do século futuro, E recaíram, sejam outra vez renovados para arrependimento; pois assim, quanto a eles, de novo crucificam o Filho de Deus, e o expõem ao vitupério”.

Pecar contra o espirito santo, é se declarar inimigo de Jesus e de tudo o que ele fez, consciente do que está fazendo. É cuspir no sangue de Jesus. É rejeitar seu sacrifício. Blasfemar é entender absolutamente tudo o que se diz no evangelho e dizer: não quero isso para mim. Para este não há mais esperança de salvação, porque tendo ele discernido a mensagem da cruz, disse não para a graça de Deus. Quanto a este, é impossível que seja renovado para arrependimento.

Será que cometi o pecada de blasfêmia contra o espirito santo?

Quando compreendemos o que é blasfêmia contra o espirito santo, essa pergunta deixa de nos assustar. Em primeiro lugar, é importante dizer que para pecar contra o espírito santo, o indivíduo tem que estar em plena consciência e lucidez do evangelho. Porque ninguém é julgado pela luz que Não recebeu, mas pela luz que recebeu. Por isso, é discutível se salvação é individual, mas o julgamento com certeza é. Jesus disse que haveria menos rigor para os sodomitas do que para aquela atual geração perversa no dia do juízo. Mateus 11:24

Em segundo lugar, você precisa estar muito lúcido, convicto, consciente e deliberado acerca do que está fazendo. Tem que ser um satanás da vida, que conhecendo todo o propósito de Deus e seu amor, mesmo assim escolheu o caminho da perdição, o caminho largo. Precisa ter a consciência de um Caifas, um Paulo da vida. A maioria dos cristãos mal compreenderam seu real proposito aqui na terra. Em outras palavras, nem todos estão “qualificados” para blasfemar contra o espírito santo. Simplesmente porque a consciência com relação ao evangelho ainda é muito rasa.

Exemplo do apostolo Paulo

Vamos tomar por exemplo o apostolo Paulo. Você e eu conhecemos muito bem a história de Paulo, tanto antes quanto depois de sua conversão. Ele que foi levado em espirito ao terceiro céu, e viu coisas que ao homem nem é permitido falar, cujo palavra alguma conseguiria descrever. Este homem aprendeu tanto de Deus acerca do evangelho, que a maioria das coisas que sabemos, veio de suas cartas e ele nos ensina até hoje. Blasfemar contra o espírito, seria ter a mesma consciência e conhecimento da graça que o apostolo teve. Seria ter a mesma experiência dele, e depois negar o evangelho. Isto seria uma blasfêmia contra o espírito santo. Em outras palavras, pecar contra o espirito é rejeitar a graça com plena consciência.

Em que lugar da bíblia fala sobre esse pecado e quem o cometeu?

Como já citamos anteriormente, Jesus advertiu um grupo sobre o risco te estar cometendo tal pecado. Encontramos esses registros nos evangelhos de Mateus, Marcus e Lucas. No entanto, Jesus não disse o que é blasfêmia contra o espirito santo de forma objetiva, e nem quem estava cometendo este pecado, ele apenas fez uma advertência, mostrando através das atitudes dos religiosos, o que é blasfêmia contra o espirito santo. Ele mesmo não julga ninguém, nossos próprios atos fazem isso por nós. e muitos ali estavam a um fio desse pecado.

Embora Jesus jamais apontou quem estava pecando contra o espirito ou não, as ações de muitos dos mestres da Lei, indicava que estavam correndo esse risco. O fato de matarem Jesus, já é um indicio de rejeição e blasfêmia muito grande. Ele disse que no dia do juízo, aquela geração atual teria muito maior rigor. A coisa era tão séria, que Jesus afirmou que Sodoma e Gomorra não seriam julgadas no mesmo nível. Disse também que se Sodoma, Tiro, Sidom tivessem ouvido a mensagem do evangelho teriam se arrependido. Mateus 11:23, Mateus 11:21

Porque blasfêmia contra o Espirito é um Pecado sem perdão?

Agora que já temos ideia sobre o que é blasfêmia contra o espirito santo, podemos entender melhor o porque desse pecado não ter perdão. Deus nos deu o poder de escolha, o que chamamos de livre arbítrio. O perdão de Deus é para todos, mas ele não obriga ninguém a aceitar o seu perdão. Somos todos livres para aceitar ou rejeitar a graça e o perdão que nos é dado gratuitamente. Se rejeitarmos sua graça, perdão e sacrifício, que esperança haverá para nós? Ele pagou nossos pecados lá na cruz, e pagou com a própria vida.

Tudo o que ele fez foi mediante o espirito santo, portanto, se rejeitamos seu sacrifício, rejeitamos também a obra do espirito. Por isso não tem perdão. Ninguém é salvo se não quer ser salvo, ninguém é perdoado se não quer ser perdoado. Deus respeita nosso livre arbítrio. Desse modo, rejeitar o perdão de Deus é blasfemar contra o espírito santo.

O que não é blasfêmia contra o espirito santo

Se até aqui você já entendeu o que é blasfêmia contra o espirito santo, poderá identificar o que não é blasfêmia contra o espirito santo. Portanto, considero desnecessário me alongar aqui, dando detalhes sobre isso. Mas, só para concluirmos, o que é blasfêmia contra o espirito santo, é tudo o que resulta numa rejeição consciente, convicta, homicida, e insistente do evangelho, da graça e do amor de Deus, do perdão e sacrifício de Jesus. Coisas dessa natureza é blasfêmia contra o espírito santo. E, tudo o que Não resulta numa rejeição consciente, convicta, homicida, e insistente do evangelho, da graça e do amor de Deus, do perdão e sacrifício de Jesus, Não é blasfêmia contra o espírito santo.

Eu sei que o conceito que a maioria dos irmãos tem sobre o que é blasfêmia contra o espirito santo, são conceitos tópicos. Alguns pensam que porque veio na mente um pensamento ruim sobre o espirito santo, já estão blasfemando. Não vamos entrar em detalhes sobre isto, porque já podemos perceber que blasfêmia contra o espírito santo está longe de ser coisas desse tipo.

Mais conhecimento

Se você precisa se desenvolver mais no estudo da Palavra, e ter a capacidade de falar de qualquer tema da bíblia sem nenhum problema; se você deseja levar seu conhecimento ao próximo nível, estudando no conforto de sua casa, então saiba como garantir sua vaga no curso Formação em Teologia sem mensalidadesClique aqui para saber!

Comments

comments